Fique por dentro dos artigos e posts da T4

Blog

Organograma empresarial, porque é importante e como fazer o seu

Veja como alguns de seus problemas de gestão podem ser resolvidos com esta ferramenta!

O organograma empresarial é uma representação gráfica da estrutura organizacional. Ele Informa, de maneira resumida e clara, como uma organização está estruturada em seus níveis de liderança. Pode ser utilizado por qualquer tamanho de empresa. Afinal, você sabe porque ele é indispensável e como criar o seu? Ao olhar um organograma, você logo identifica os cargos mais importantes naquela empresa. Quer saber mais? Continue lendo.

Qual a importância do organograma empresarial para seu negócio?

O organograma torna seus funcionários e gestores mais conscientes de suas responsabilidades na empresa. Como ele é um gráfico que exibe a relação entre cada cargo, e fica exposto em um quadro em um canto da empresa, ele sempre está lembrando aos colaboradores dos papéis e dos limites de cada um na organização. O organograma também é capaz de inserir o colaborador que acabou de ser contratado no contexto da organização. A leitura do gráfico permite o novo funcionário descobrir quais são os cargos existentes na empresa e a quem ele deve prestar conta diretamente.

Como criar seu organograma empresarial?

Definir como será seu organograma não é uma tarefa simples de dizer. Isso porque o tamanho, o tipo e o número de linhas vão depender do porte da sua empresa e de quantos cargos ela tem. Entretanto, existe quase que uma fórmula de se iniciar a criação de um. Ela destaca os primeiros passos que você deve conhecer. Vamos mostrar essas etapas a seguir. Assim você já tem uma ideia de como criar um organograma sem muita complicação.

Quantos cargos existem na empresa?

Essa é a primeira coisa que você precisa responder. Como o organograma é um gráfico de cargos, você precisa ter essa informação em mãos. Mas um detalhe: isso não é contar quantos funcionários você tem, mas o número de funções que são desempenhadas na sua empresa. O que isso significa? Se você tiver 10 supervisores, não vá colocar na lista 10 supervisores. É o cargo da supervisão que deve ser contabilizado. Hoje, quais os principais cargos em sua empresa? Presidente, diretor, gerente, supervisor e colaborador?

Qual a responsabilidade de cada função?

Bom, depois do primeiro passo, você já deve ter uma ideia de quantos cargos há na sua empresa. A etapa seguinte é definir qual o papel ou a responsabilidade de cada um. Também defina como deve ser a comunicação ou a relação de uma função coma outra. Vamos explicar para isso ficar mais claro. Suponha que há uma função de presidente, diretor, gerente e colaborador. Qual a responsabilidade do diretor e como esse cargo deve se relacionar com a presidência e a gerência? Evidentemente, ao presidente ele presta contas, ao gerente ele dá "ordens".

Qual o momento certo de criar?

Afinal, por que definir como cada função deve se relacionar com a outra? A relação que um cargo tem com o outro é representada por linhas no gráfico. Ou seja, se o colaborador deve prestar conta diretamente ao supervisor, uma linha conectará ambas funções. Depois de ter a etapa 1 e 2, o passo seguinte é colocar a mão na massa e criar o seu organograma empresarial. Para isso, você pode utilizar softwares específicos. No processo, você terá que escolher o modelo de organograma mais adequado para sua organização.

Quais os principais modelos de organograma empresarial?

Agora vamos mostrar a você os principais modelos de organograma utilizados pelas organizações e suas características básicas: Organograma vertical: a diretoria está no mais alto nível, enquanto o operacional está posicionado nos blocos de baixo. Nesse modelo clássico, quanto maior o grau de responsabilidade do cargo, maior será sua posição. Organograma circular: a presidência, a diretoria e a gerência são posicionados bem no centro, enquanto os demais cargos são espalhados em volta das funções com as quais devem se conectar. Organograma funcional: seu desenho é semelhante ao do modelo vertical. Organograma em barras: os cargos são exibidos pelas barras e o tamanho é proporcional a autoridade. Matricial: ótimo para empresas que não têm uma estrutura fixa de funcionários. Linear de responsabilidade: representa os cargos e sua relação entre as tarefas.

A consultoria entra em cena mais uma vez para ajudar você a conquistar mais resultados

Quer criar um organograma de maneira rápida e eficiente? Uma consultoria pode te ajudar com isso... Vamos fazer essas etapas que te ensinamos, mas com um diferencial: agilidade. Enquanto isso, você tem tempo para tocar seu negócio. Entre em contato e agende uma conversa!

Fale Conosco

Nossos profissionais podem fornecer maiores detalhes sobre nossos serviços.

Todos os direitos reservados - 2020

Contato

  • (11) 2787-6430

  • Avenida Paulista, 1079 - 7º andar

  • São Paulo – SP

  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.