Fique por dentro dos artigos e posts da T4

Blog

As 8 dicas para fugir do endividamento que você precisa conhecer e praticar

O endividamento vem assombrando grande parte da população brasileira nos últimos anos. Segundo dados do SPC Brasil e da CNL, levantados em junho de 2017, cerca de 59,9 milhões de consumidores estão endividados. Isso significa que quase 40% das pessoas entre 18 e 95 anos se encontram no radar da inadimplência no Brasil. Desde estudantes até profissionais e empresários, essas pessoas estão mergulhadas em dívidas e muitas não sabem nem por onde sair. Mas essa situação pode ser transformada. Existem algumas dicas interessantes para fugir das dívidas. Quando bem aplicadas, elas evitam que qualquer empreendedor coloque os seus negócios em risco. Já pensou nisso? Confira a seguir as estratégias que você precisa conhecer e praticar para escapar dos buracos que as dívidas criam. Infelizmente, poucas pessoas sabem disso, então compartilhe com os seus amigos e colegas de profissão também!

As dicas para fugir do endividamento

1 – Conheça as suas dívidas

Conhecer as dívidas contribui para saber como controlá-las. Além disso, é fundamental acompanhar as prestações de contas atrasadas. Isso ajuda a evitar um endividamento, já que você saberá o que e quanto falta para concluir as suas obrigações.

2 – Cobre os seus devedores

Parceiros e clientes podem ser a solução ou o problema do seu negócio. Se eles atrasam o pagamento de produtos e serviços, você poderá enfrentar alguns riscos. Por isso, cobre os seus devedores e, se for preciso, peça adiantamento antes de negociações.

3 – Diminua o estoque

Um estoque grande e parado significa muito dinheiro sem movimentação. Aliás, criar estoque sem demanda pode ser um investimento que trará dívidas futuras para a sua empresa. Portanto, busque diminuir o estoque periodicamente.

4 – Controle as despesas

Controlar as despesas é uma iniciativa poderosa para fugir do endividamento. Por isso, avalie os seus custos fixos e variáveis, tentando reduzi-los sempre que possível. Para saber mais sobre esse tópico, você pode conferir esse artigo aqui .

5 – Conte com ajuda profissional

Muitos empresários erram ao tentarem fazer tudo sozinhos, sobrecarregando suas atividades e resultados. Contar com ajuda profissional pode ser a saída para prevenir e sair das dívidas, quando já estão instaladas.

6 – Não atrase o pagamento de salários e impostos

Atrasar o pagamento dos salários e dos impostos envolve uma alta taxa de juros provenientes de multas. Coloque essas obrigações como prioridade para evitar pagar muito mais do que o valor inicial de cada uma.

7 – Evite assumir taxas de juros muito altas

Taxas de juros, mais altas do que o seu orçamento é capaz de cobrir, prejudicam o desempenho do seu negócio a médio e longo prazos. Sempre que comprar ou negociar algo, verifique as taxas e avalie se você tem condições de assumi-las ou não.

8 – Foque na geração de caixa e rentabilidade

Os seus esforços enquanto proprietário de um negócio devem estar firmes na geração de caixa e rentabilidade. Gerando caixa o suficiente para manter a sua empresa em funcionamento e crescimento, os seus resultados serão rentáveis e bem-sucedidos.

Colocando as leis em prática

Agora que você já sabe de algumas estratégias para se livrar do endividamento, vale a pena colocá-las em prática o quanto antes. A etapa de execução pode ser um pouco complicada no início, mas contar com ajuda especializada é uma boa opção. A T4 Consultoria possui serviços em finanças que podem te ajudar a evitar o endividamento de forma prática e segura. Com um modelo de gestão eficaz desenvolvido e aplicado pela equipe da T4, a renegociação e redução de dívidas se torna mais fácil. Para saber mais, conheça as nossas soluções de Reestruturação Financeira e garanta que as leis para fugir das dívidas sejam facilmente cumpridas na sua empresa!

Fale Conosco

Nossos profissionais podem fornecer maiores detalhes sobre nossos serviços.

Todos os direitos reservados - 2020

Contato

  • (11) 2787-6430

  • Avenida Paulista, 1079 - 7º andar

  • São Paulo – SP

  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.