Fique por dentro dos artigos e posts da T4

Blog

Gestão de Estoque eficiente – aumento de lucros no negócio

Esse é um dos problemas mais recorrentes entre muitas empresas: estoque abarrotado ou o problema da falta de produtos. A gestão de estoque quando bem realizada é fundamental para prevenir prejuízos no negócio e aumentar os lucros.

Segundo artigo publicado pelo portal Fecomercio SP é orientado que pequenas ou novas empresas no mercado gerenciem os estoques com base na observação da média de vendas, e aqui entra uma questão fundamental que é o controle do fluxo de caixa, assim é possível para o negócio fazer uma estimativa do estoque ideal, para que não falte e nem sobre produtos.

Erros comuns a pequenas empresas

A gestão de estoque em si é um problema, principalmente para pequenas empresas ou porque ocorrem falhas na checagem de produtos no estoque, ou porque não têm a noção do valor e validade dos produtos. Esse desconhecimento pode gerar uma série de complicações para a empresa.

Em caso de mercadorias vencidas (perecíveis), por exemplo, acontece o descarte, e estoque parado é o mesmo que dinheiro parado, portanto, ao descartar produtos o gestor está jogando literalmente dinheiro fora. Mas há também os casos de produtos perto do período de vencimento, nessa situação, serão aplicados grandes descontos para esvaziar o estoque, e com isso, o negócio também perde.

O estoque parado gera uma série de outros problemas como: deterioração, roubo, perda, obsolescência, entre outros. É essencial saber quando reabastecer alguns itens; quando deve ocorrer a compra e produção; valor de compra, entre outros fatores. Na prática, a gestão de estoque é mais complexa do que se pensa.

Confira: Planejamento orçamentário: o processo que você precisa para tomar decisões

Importância da Gestão de Estoque

O gerenciamento de estoque é uma peça-chave fundamental para o sucesso das empresas. A ideia é que o negócio tenha o estoque ideal, ou seja, se o cliente solicitar o produto, encontrará, mas isso não quer dizer 'estoque abarrotado de produtos', é preciso encontrar o equilíbrio, e essa é a parte mais complexa na gestão de estoque para muitas empresas.

Para as tomadas de decisões, inclusive, nesse momento de gestão de estoque é fundamental que o gestor conheça muito bem a empresa, que esteja profundamente envolvido com todas as atividades do negócio, que conheça de perto os processos de cada setor.

Dependendo do ramo de atividades da empresa, é preciso ter detalhada as oscilações de demandas que podem ocorrer durante o ano, há casos em que é necessário que se tenha um estoque de segurança, para garantir que haverá produtos no negócio e que o cliente o encontrará.

A boa gestão de estoque também é peça fundamental para nortear as decisões da empresa, faz com que o gestor evite erros, como por exemplo, comprar itens desnecessários apenas porque apresentam um bom "custo-benefício".

Leia: Vantagens ao contratar Consultoria Empresarial especializada em construção civil

Há alguns tipos de controle de estoque, dentre eles:

Permanente - Permite o acompanhamento em tempo real. A reposição de um item é feita sempre que o limite mínimo em estoque é atingido.

Temporário - Também é tratado como periódico, atua como um complemento da análise da gestão de estoque. O objetivo é prevenir a falta do produto.

Quando o assunto é mensuração, a divisão de estoque é realizada em dois tipos:

Físico - a mensuração é em relação à quantidade de produtos.

Valor monetário - é feita com base no cálculo de investimento dos custos de cada produto.

Alguns métodos de avaliação

PEPS

O princípio dessa metodologia (primeiro a entrar, primeiro a sair) é que as mercadorias mais antigas em estoque são as que devem vencer primeiro. É uma metodologia muito usada, por exemplo, pelo setor supermercadista.

UEPS

No UEPS (último a entrar, primeiro a sair) o produto que recentemente chegou ao estoque deve ser o primeiro a ser vendido.

Custo Médio

Esse método também é conhecido como Média Ponderada Móvel, em que é possível renovar os valores do estoque sempre que ocorre a entrada de novos itens, para isso, é realizado o cálculo de uma média ponderada.

Alguns métodos de gestão de estoque

Just in Time

Traduzida ao pé da letra como "no momento exato" esse método tem como finalidade promover a redução de custos, para isso, o nível de estoque é mantido na menor escala para atender as demandas do negócio. Esse método requer acompanhamento rigoroso por parte da gestão, para que não ocorra um dos principais problemas de estoque: falta de produtos.

Curva ABC

Três pilares fazem parte deste método: giro, faturamento e lucratividade. Os itens de estoque são categorizados em:

Tipo A - São produtos importantes e de alto valor. Mesmo em menor quantidade no estoque, geram muita lucratividade para a empresa;

Tipo B - São itens de valor médio, não demandam um controle tão rigoroso, mas é preciso tomar cuidado porque tendem a ser produtos em grande quantidade no estoque;

Tipo C - São itens menos valiosos e podem ser incorporados em pequenas quantidades no estoque, apenas para atender eventuais demandas.

Gerenciamento de estoque com a ajuda tecnológica

Há muitos sistemas "softwares", disponíveis que ajudam na gestão de estoque e previnem muitos erros. É possível para o gestor utilizar um único sistema que ajude no controle mais eficiente de inventários (levantamento físico de todos os itens do estoque).

Os sistemas de gerenciamento de estoque disponíveis precisam cumprir com algumas funções como:

  • Automatização de processos;
  • Redução de erros;
  • Acompanhar a movimentação desde a entrada até a saída de produtos;
  • Controlar os insumos que são usados para a produção dos produtos;
  • Atuar no monitoramento dos níveis de estoque.

Por se tratar do patrimônio da empresa, é fundamental que o negócio se preocupe com a gestão de estoque e procure ajuda se não estiver conseguindo gerir adequadamente.

 

Fale Conosco

Nossos profissionais podem fornecer maiores detalhes sobre nossos serviços.

Todos os direitos reservados - 2020

Contato

  • (11) 2787-6430

  • Avenida Paulista, 1079 - 7º andar

  • São Paulo – SP

  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.