Fique por dentro dos artigos e posts da T4

Blog

Entenda como os negócios podem obter linha de crédito para capital de giro de longo prazo

O capital de giro é fundamental para a sobrevivência e desenvolvimento dos negócios. No momento da tomada de decisões, é esse indicador que dará à empresa a resposta positiva ou negativa quanto ao que pode ser feito. O consultor empresarial, Marcelo Viana, da T4 Consultoria, explica que o capital de giro é o grande responsável pelo dia a dia das operações de uma empresa. É importante quando surge a necessidade da reposição de estoque ou no caso de qualquer despesa operacional.
"Mas um problema recorrente entre muitos empresários é não ter realizado o cálculo correto do valor necessário de capital de giro para a empresa. Em longo prazo, quando o negócio conta apenas com os recursos em seu próprio caixa, a saúde financeira da empresa é comprometida", alerta.
Muitos negócios que não deram a devida importância ao capital de giro precisam pensar em maneiras de viabilizar recursos para manter a empresa e ajudá-la a se desenvolver e a linha de crédito para capital de giro de longo prazo é uma ótima alternativa. Confira: Como fazer captação de recursos de longo prazo para tecnologia e inovação?

Bancos que disponibilizam linha de crédito para capital de giro de longo prazo – Conheça

BNDES O Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) é uma das principais linhas de crédito para capital de giro. O recurso pode ser solicitado indiretamente (junto a instituições financeiras credenciadas) ou diretamente pelo próprio negócio. Bancos Regionais Há linhas de crédito para capital de giro de longo prazo que podem ser conseguidas junto aos bancos estaduais. Negócios que necessitam de até R$1 milhão encontram nessas linhas, taxas de juros atraentes.
"Outro benefício que vale a pena para as empresas pesquisar são os prazos de amortização. No geral, o processo para aprovação e obtenção de crédito leva aproximadamente dois meses", explica Viana.
Dentre os principais bancos regionais, estão: Banco da Amazônia S. A. (BASA): que contempla os estados (Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins); Alagoas: Agência de Fomento de Alagoas S. A. - DESENVOLVE ALAGOAS; São Paulo: Agência de Fomento do Estado de São Paulo S.A. - DESENVOLVE SP; Bahia: Agência de Fomento do Estado da Bahia S. A. - DESENBAHIA; Espírito Santo: Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo S. A. - BANDES; Goiás: Agência de Fomento de Goiás S. A. - Goiás Fomento; Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE: Voltado para os estados: Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina; Minas Gerais: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A. - BDMG; Paraná: Agência de Fomento do Paraná S. A. - Fomento Paraná; Pernambuco: Agência de Fomento do Estado de Pernambuco S.A. - AGEFEPE ; Rio de Janeiro: Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro S. A. - AGERIO; Rio Grande do Norte: Agência de Fomento do Rio Grande do Norte S. A. - AGN; Rio Grande do Sul: Badesul Desenvolvimento S. A. - Agência de Fomento RS - BADESUL e Banco do Estado do Rio Grande do Sul S. A. - BANRISUL; Santa Catarina: Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S. A. - BADESC; Tocantins: Agência de Fomento do Tocantins S. A. – FOMENTO TOCANTINS. Leia também: Como captar recursos para a expansão da empresa - Entenda

Vantagens da obtenção de crédito para Capital de Giro de longo prazo

O capital de giro é o que garante "fôlego" ao negócio, tanto para manter as suas operações quanto em casos em que deseja expandir no mercado. Não ter capital de giro suficiente pode levar um negócio em longo prazo à falência, por isso, a possibilidade de uma linha de crédito para suprir essa necessidade é uma boa alternativa.
"É importante que o empresário saiba que recursos existem por parte dos agentes financeiros e bancos públicos, e que pensar em uma linha de crédito para capital de giro pode ser uma ótima alternativa para reestruturar a empresa financeiramente e ajudá-la em um caso de expansão ou de aquisição de novas máquinas e equipamentos, por exemplo", explica o especialista.

O que torna um negócio elegível junto aos bancos e agentes financeiros?

Para conseguir obter crédito por parte dos bancos públicos e agentes financeiros o negócio precisa se atentar a alguns fatores que o tornam elegível para a obtenção de crédito.
"Dependendo do banco ou agente financeiro e da linha de crédito, existem algumas exigências específicas que precisam ser cumpridas, dentre elas, é fundamental ter todas as certidões negativas de débitos (fiscal, trabalhista ou de débitos)", explica Viana.
É importante que o negócio tenha um plano de negócios detalhado, que reúna toda a documentação pertinente atualizada, incluindo o balanço e demonstrativo de resultados dos últimos anos. Algumas linhas de capital de giro de longo prazo, por exemplo, costumam ser voltadas para segmentos de negócio específicos como varejo, agronegócios, restaurantes, etc., sendo assim, a documentação exigida pode variar.
"É importante para o negócio contar com uma boa reputação e demonstrar estar em um momento de maturidade no mercado, esses fatores são importantes para que consiga aprovação de crédito", conclui.

Fale Conosco

Nossos profissionais podem fornecer maiores detalhes sobre nossos serviços.

Todos os direitos reservados - 2020

Contato

  • (11) 2787-6430

  • Avenida Paulista, 1079 - 7º andar

  • São Paulo – SP

  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.